Olá visitante

Seja bem vindo ao Blog do Programa Ronda Policial



De segunda a sexta-feira de 13h às 14h ao vivo pela Super Rádio Clube AM 1540 - Ouça em tempo real pela internet

http://www.radioclube1540.com.br/

terça-feira, 12 de junho de 2012

Um ano após a morte de Felipe Lameck a impunidade impera

Paraíba do Sul


  
Um ano após ser executado a família da vítima não viu ninguém ser preso
Um ano e um dia após a morte de Felipe Lameck Dias, com apenas 19 anos ninguém foi preso pelo crime ocorrido a golpes de barra de ferro e com partes do corpo carbonizado. No dia 13 de junho de 2011, nesse dia a guarnição do cabo Silva e soldado Gouvêa, foram até a localidade conhecia morro da torre, na estrada de Matozinhos. Os militares depararam com um corpo do sexo masculino, assassinado com requintes de crueldade.
 

A família de "Filipinho" como era conhecido aguarda que a justiça seja feita e até o momento ninguém foi preso. No local do crime os policiais e a própria perícia da polícia civil encontraram fortes evidencias do assassinato. Peritos encontram no local do crime uma barra de ferro suja de sangue, e uma grade de veículo marca Fiat na cor verde.

O delegado titular da 107ª DP de Paraíba do Sul disse ao programa Ronda Policial dias depois do crime que estaria trabalhando arduamente para solucionar todos os crimes que aconteceram em Paraíba do Sul.

Eliezer Lourenço fez questão de enfatizar na época que na sua gestão havia ocorrido quatro homicídios, sendo que sua equipe herdou outros 14 assassinatos da outra gestão. Depois da morte violenta e covarde de Felipe Lameck outros crimes de homicídios aconteceram em Paraíba do Sul e em sua maioria nenhum suspeito foi preso nesses outros assassinatos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário